NOTÍCIAS

Notícias
Veja também: SSA NA MÍDIA

Acompanhe as principais notícias do setor de seguro,
resseguro, arbitragem e mais.

< voltar

21.06.2022

Seguros de pessoas arrecadaram R$ 62 bilhões no acumulado até abril

A Susep (Superintendência de Seguros Privados) divulgou hoje, 20 de junho, o relatório Síntese Mensal, com dados do setor de seguros referentes ao mês de abril de 2022. O relatório, elaborado a partir de informações enviadas pelas empresas supervisionadas, mostra o desempenho do mercado de seguros, previdência e capitalização nos primeiros quatro meses do ano e é um importante documento de análise das movimentações realizadas pelo setor.

As receitas dos segmentos supervisionados pela Susep somaram R$ 108,04 bilhões no primeiro quadrimestre de 2022. Esse valor corresponde a um crescimento de 16,6% em relação ao mesmo período de 2021, quando as receitas totalizaram R$ 92,68 bilhões.

Os seguros de danos apresentaram crescimento de 22,4% na arrecadação de prêmios nos quatro primeiros meses de 2022, quando comparado com o mesmo período de 2021. Foram movimentados R$ 33,03 bilhões até abril deste ano, face aos R$ 26,98 bilhões até abril do ano anterior.

Os seguros de pessoas foram responsáveis pela arrecadação de R$ 62 bilhões nos quatro primeiros meses de 2022, o que representa crescimento de 14,7% em relação ao mesmo período de 2021.

Nos seguros de pessoas e danos, os prêmios diretos totalizaram R$ 95,03 bilhões no acumulado até abril de 2022, o que representa alta de 17,3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando totalizaram R$ 81,04 bilhões.

O segmento de seguros de pessoas apresentou um total de prêmios de R$ 62 bilhões até abril de 2022. O valor corresponde a aumento de 10,7% em relação ao mesmo período de 2021. O seguro de vida teve crescimento de 17,0% em relação ao ano anterior, arrecadando R$ 8,28 bilhões até abril de 2022.

Os seguros de danos apresentaram crescimento de 22,4% na arrecadação de prêmios do primeiro quadrimestre de 2022, quando comparado ao mesmo período de 2021. Até abril deste ano, foram movimentados R$ 33,03 bilhões, face aos R$ 26,98 bilhões movimentados no mesmo período do ano passado.

A arrecadação de prêmios no seguro auto atingiu R$ 14,27 bilhões no acumulado deste ano, valor 25,9% superior ao do mesmo período em 2021, quando foram arrecadados R$ 11,33 bilhões.

Desconsiderando-se auto, o desempenho das demais linhas de negócio dos seguros de danos, no acumulado de 2022, foi 19,9% superior aos quatro primeiros meses de 2021, apresentando crescimento de R$ 3,11 bilhões na arrecadação de prêmios. A linha de negócio riscos especiais patrimoniais foi destaque, com crescimento de 44,0% na arrecadação de prêmios no primeiro quadrimestre de 2022, em comparação ao mesmo período de 2021. Os seguros das linhas rural e patrimoniais-outros também se destacaram, com crescimento acima de 30%.

Rural: A linha de negócio rural vem se destacando nos últimos meses e apresentou, no acumulado do ano, crescimento de 35,7% em relação aos quatro primeiros meses de 2021. Os prêmios arrecadados até abril de 2022 atingiram o montante de R$ 3,40 bilhões, contra os R$ 2,51 bilhões no mesmo período do ano anterior. A sinistralidade do seguro rural recuou para 102,2% em abril deste ano, após o pico de 342,8% em janeiro de 2022. No acumulado do ano, a sinistralidade do seguro rural foi de 203,2%.

Sinistralidade: Nos seguros de pessoas, excluindo-se o VGBL, a sinistralidade atingiu o patamar de 31,8% em abril de 2022.

A sinistralidade do seguro de vida, individual e em grupo, alcançou o valor de 44,6% em abril deste ano, percentual abaixo do observado em março, quando foi de 52,2%, e abaixo do valor observado em abril de 2021, quando a sinistralidade totalizou 97,3%.

Nos seguros de danos, observa-se que a sinistralidade, em abril de 2022, ficou abaixo da sinistralidade registrada em março de 2022, totalizando 58,3%. Em abril de 2021, a sinistralidade dos seguros de danos foi de 47,8%.

A sinistralidade no seguro auto ficou em 73,4% em abril de 2022, frente aos 76,8% observados em março de 2022 e aos 54,3% de março de 2021.

Nos produtos de previdência, observa-se que a receita de contribuições, até abril de 2022, ficou 3,1% acima da receita registrada no mesmo período de 2021.

VGBL: As contribuições do VGBL, no acumulado de 2022, totalizaram R$ 44,58 bilhões, valor 16,4% superior à arrecadação no mesmo período de 2021. Já os resgates acumulados em 2022 apresentaram aumento de 22,89% em relação ao volume resgatado nos quatro primeiros meses do ano passado. No primeiro quadrimestre de 2022, as contribuições superaram os resgates em R$ 9,39 bilhões.

PGBL: O PGBL apresentou, no acumulado até abril de 2022, uma arrecadação 4,8% superior ao primeiro quadrimestre de 2021, arrecadando R$ 3,14 bilhões no período. Os resgates acumulados até abril de 2022 cresceram 19,1% em relação ao mesmo período de 2021, totalizando R$ 4,37 bilhões. Os resgates superaram as contribuições em R$ 1,23 bilhão no primeiro quadrimestre do ano.

Previdência Tradicional: As contribuições de Previdência Tradicional acumuladas até abril de 2022 ficaram 1,6% abaixo das contribuições acumuladas até abril de 2021. Os
resgates, por sua vez, cresceram, totalizando R$ 0,80 bilhão no primeiro quadrimestre de 2022, 28,8% acima do valor resgatado nos quatro primeiros meses de 2021. As contribuições superaram os resgates em R$ 0,28 bilhão no primeiro
quadrimestre de 2022.

“Os estudos presentes no relatório divulgado mensalmente pela Susep são resultado do árduo trabalho técnico empenhado pela entidade”, conta o superintendente da autarquia, Alexandre Camillo. Segundo ele, o documento contribui para esclarecer os reflexos que o atual momento econômico nacional produz no mercado. “Desta forma, podemos definir rumos mais assertivos para fomentar o desenvolvimento do setor de seguros brasileiro”.

A Síntese Mensal do mês de abril pode ser lida na íntegra neste link.

Fonte:

https://www.revistaapolice.com.br

RECONHECIMENTO

Pelo quarto ano, A Schalch Sociedade de Advogados integra o seleto grupo de escritórios brasileiros na área de seguros e é recomendado pelo The Legal 500 Latin America 2021.

Leading Firm

O escritório é destaque na edição de 2021 do Chambers&Partners. O forte foco nos setores de seguro e resseguro, a expertise e o profundo envolvimento nos casos foram alguns dos destaques no reconhecimento do trabalho pela publicação.

Chambers Latin America

 

SSA é recomendada novamente pelo The Legal 500 Latin America 2019 na área de seguros.

Chambers Latin America

Schalch foi recomendada no Ranked Firm 2021 dos Melhores Escritórios de Advocacia em Seguros e Resseguros do Brasil, realizado pelo importante Editorial Francês Leaders League.

Chambers Latin America

 

Pelo segundo ano, SSA é recomendada pelo The Legal 500 Latin America 2017 na área de seguros.

Leaders League

 

SSA é recomendada pelo The Legal 500 Latin America 2016 na área de seguros.

Leaders League

Contato

São Paulo SP

55 (11) 3889 8996
55 (11) 3059 0060
55 (11) 4637 2281
55 (11) 4637 2300
55 (11) 4637 2301
 

Av. Brig. Faria Lima, 4509, 3º andar
ssa@ssaadv.com.br

logotipo da Schalch

© 2015 – Schalch Sociedade de Advogados. Todos os direitos reservados.